Muito obrigado, uma satisfação e rumo ao 2º round!

Replico abaixo o e-mail que acabamos de enviar aos apoiadores do projeto no Catarse – que vale para muita gente que vier a passar por aqui e que também compartilha incômodos com a gente. Atualize-se sobre o BaixoCentro e chegue mais! :)

Olá,

(Se você recebeu este e-mail, é porque apoiou o BaixoCentro. Muito muito obrigado!)

Quarta-feira passada, dia 18, foi o último dia de captação do projeto no Catarse. E este e-mail é um agradecimento a tod@s que acreditaram na gente e se disponibilizaram a investir algum dinheiro na ideia. Muito muito obrigado de coração!

Com o mote “as ruas são para dançar”, chegamos em menos de um mês a 385 colaboradores e uma rede enorme de articulações. Em outubro, quando pensamos em tudo isso, éramos 3 ou 4 numa mesa. Hoje, somos 461 no Facebook (https://www.facebook.com/groups/267983516569073/) e 122 na lista de e-mails, diretamente ligados à produção (https://groups.google.com/forum/#!forum/baixocentro).

Para isso acontecer, além da campanha insistente nas redes, colocamos o bloco (e o protótipo do carrinho multimídia) na rua. Durante três dias de janeiro, o pré-BaixoCentro ocupou as ruas de Santa Cecília, Luz, Campos Elísios e Barra Funda. Fizemos cortejo pelo Minhocão. Fizemos uma festa lotada, o Samba na Casa do Gato. Ocupamos a Cracolândia. Ocupamos murais, tuítes, listas e, até mesmo, o céu de São Paulo.

Também agrupamos artistas paulistanos em torno do projeto, inclusive com criações inéditas (texto, música, ilustração). São eles: Carla Caffé, Cintia Viana, Cristiano Sidoti, Cunha Jr, Fabio Assunção, Gilberto Gil, Gisele Beiguelmann, Guto Lacaz, Liana Padilha, Lurdez da Luz, Magda Pucci, Marcelino Freire, Marcelo Pretto, Murilo Silva, Rafaella Nepomuceno, Sizão Machado e Zé Celso Martinez Correa, e muitos outros.

Por isso, não há nenhum exagero em dizer que o BaixoCentro foi bem-sucedido. Somos uma rede, um movimento, do qual você, apoiador, também faz parte. Nosso objetivo você sabe: tomar a rua e resgatá-la como espaço comum, de encontro, de interação, local público de arte e manifestações das mais diversas.

No Catarse, recebemos contribuições até os últimos minutos, mas, infelizmente, não alcançamos nossa meta de $ 56.000. Chegamos em $ 22.960 – valor mais alto que o captado pela maioria dos projetos do Catarse. Mas o jogo é categórico: tudo ou nada. Voltamos ao $ 0! E agora, José?

Logo você receberá uma mensagem institucional do Catarse avisando que o projeto BaixoCentro não virou e que o dinheiro empenhado estará disponível como crédito no próprio Catarse. Com esse crédito, você pode pedir extorno ou investir em outro projeto. E agora, José (2)?

No último sábado (21/1), promovemos uma reunião aberta na Casa da Cultura Digital para discutir os rumos e encaminhamentos do BaixoCentro – uma rede de pessoas sem dinheiro para um festival :) Temos tanta vontade de fazer isso, e São Paulo precisa tanto, que decidimos dar um jeito de levar o BaixoCentro para a rua!

Para isso, pedimos novamente a sua colaboração. Se você ainda acredita que as ruas são para dançar, SEGURE UM POUQUINHO SEU DINHEIRO NO CATARSE, não empenhe em outro projeto, guarde para nossas ideias reformatadas. Daqui alguns dias entraremos em contato com opções de como você pode redirecionar o seu apoio.

Abraços e muito obrigado novamente!

One thought on “Muito obrigado, uma satisfação e rumo ao 2º round!

  1. Pingback: Construa a programação do Festival BaixoCentro « Baixa Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>